11 5667-4520        11 2589-3141        11 9.4743-8684       
Pressurização de Escadas de Incêndio

Pressurização de Escadas de Incêndio

Entenda como funciona a pressurização de escadas de incêndio em todos os tipos de edifícios.

Pressurização de Escadas de Incêndio

O sistema de pressurização de escadas de incêndio tem como principal objetivo manter o local livre de fumaça e gases tóxicos, conforme determina a Instrução Técnica Nº 13/2011 do Corpo de Bombeiros.


Com a atuação deste sistema a escada de emergência fica livre de fumaça mesmo com a ocorrência de um incêndio, facilitando a saída das pessoas que se encontram no edifício e evitando intoxicações que podem até levar à morte por asfixia. Esse sistema ainda permite que os militares do Corpo de Bombeiro tenham fácil acesso para combater o fogo.


O sistema de pressurização de escadas é composto por ventiladores com motor elétrico, que são montados em um local isolado e onde o ar externo pode ser captado por venezianas equipadas com filtros metálicos classe G1 (ABNT) com a finalidade de reter partículas grossas como poeiras. A ventilação é realizada por grelhas de insuflamento, que são colocadas separadamente nos andares de modo alternado. Todos os pontos de saída precisam ser balanceados para permitir que todo o ar saia corretamente de cada grelha.


Para que a pressurização da escada de incêndio seja perfeita, são necessários quatro elementos essenciais: sistema de acionamento pelo Sistema de Detecção de Alarme e Incêndio (SIDAI), captação do ar externo mecanicamente, insuflamento de ar e fonte de energia garantida.


Outro ponto chave desse processo é a fonte de energia, pois o fornecimento de energia elétrica é fundamental para que o sistema possa oferecer a segurança na evacuação do edifício. Além da fonte de energia principal, é necessário que exista uma fonte de emergência para se a primeira não funcionar.

ALGUNS CLIENTES ATENDIDOS